A arte mostra uma atleta de natação dentro da piscina e o texto “Fisioterapia Desportiva: Natação”.

Alunos de Fisioterapia oferecem atendimento a atletas de natação em Indaiatuba

Atletas de natação da cidade são beneficiados com acompanhamento clínico realizado por alunos do curso de Fisioterapia do Grupo UniEduK

Em parceria com a Secretaria de Esportes de Indaiatuba, o curso de Fisioterapia do Grupo UniEduK oferece atendimento aos atletas de alto rendimento de natação da cidade. Durante o projeto, os alunos realizam observações e propõem alternativas para os problemas individuais e sociais, podendo atuar nos níveis de assistência preventiva, curativa e de promoção da saúde. O acompanhamento dos nadadores em campo acontece às terças e quintas-feiras de manhã, quartas e sextas-feiras a tarde e nos sábados pela manhã. 

O projeto integra o estágio em Fisioterapia Desportiva, que é realizado com o objetivo de proporcionar a imersão do aluno na vivência esportiva e oportunizar a aquisição de conhecimentos na prática. Dessa forma, há integração entre a teoria, a prática e o desenvolvimento de atitudes desejáveis, contribuindo para uma formação completa.

“A Fisioterapia Desportiva me chama muito a atenção e, com essa oportunidade, com os atletas de natação, podemos acompanhar de perto toda a nossa atuação, desde a prevenção até o tratamento e em ambientes diferentes também, como na academia e na piscina”, descreve a aluna do quarto semestre, Luísa Ferreira Oliveira. 

Atualmente, são atendidos os esportistas das modalidades de natação e futsal de Indaiatuba. Porém, a professora responsável pelo estágio, Fernanda Moraes, conta que, no decorrer da implantação, espera-se envolver todas as modalidades esportivas oferecidas pela Secretaria de Esportes do Município no projeto.

Por meio dessa iniciativa, os futuros fisioterapeutas desenvolvem diversas competências requisitadas no mercado de trabalho e ainda adquirem prática no atendimento de pacientes. Além disso, a parceria não só beneficia os estudantes do Grupo UniEduK, mas também os atletas da cidade, uma vez que recebem um atendimento que é fundamental de forma gratuita. 

“Aprendi muito a usar a análise visual para conseguir captar detalhes que fazem toda a diferença para o atleta. Desenvolvi o hábito de sempre pesquisar sobre o que conversamos, pois, no meu caso, a natação foi um assunto que precisei pesquisar para entender melhor. Além da habilidade de atendimento, de abordar, conversar e descobrir”, conta a aluna do segundo semestre Geovana Cristina Vergel Ferreira.

Finalizando, a professora Fernanda Moraes afirma: “Participar de um projeto e vê-lo crescer é um fator contribuinte para a nossa vida profissional e pessoal. Proporcionar aos alunos condições de independência e autonomia, buscando alternativas criativas diante das problemáticas encontradas no seu cotidiano escolar, é presenciar a transformação que a prática concede”.

 

Confira notícias do curso de Fisioterapia do Grupo UniEduK
Pular para o conteúdo