Agende uma visita!

Arte contemporânea inspira alunos do primeiro semestre de Arquitetura e Urbanismo do Grupo UniEduK

O projeto “Passando para deixar uma mensagem na paisagem” levou alunos a exercitarem criatividade e olhar crítico sobre manifestações artísticas 

Compreender que a arte pode impactar e modificar os espaços, sejam eles urbanos ou não, provocando reflexões sobre diferentes temas, faz parte do perfil do arquiteto e urbanista. E vivenciar isso de forma prática, desde o início da formação, é um diferencial que os alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo do Grupo UniEduK (UniFAJ, UniMAX e Faagroh) têm sempre acesso. Um exemplo é o projeto “Passando para deixar uma mensagem na paisagem”, desenvolvido por estudantes do primeiro semestre do curso. 

A iniciativa da disciplina Estética e História da Arte foi desenvolvida por meio de Atividade Prática Supervisionada (APS), liderada pela professora Rose Panetta. A partir de linguagens de Arte Contemporânea abordadas em aula, os alunos foram desafiados a elaborar uma mensagem com tema livre, que desse voz a algo que eles gostariam de dizer e expressar. 

Nesse sentido, várias manifestações serviram de inspiração, como grafites, intervenções urbanas e/ou artísticas, lambe-lambe, colagens, body-art, arte conceitual, pop art, instalações, land art, dentre outras. “Os alunos entregaram trabalhos incríveis, que realmente tinham aderência com os conteúdos estudados em sala e que estão alinhados com o contexto atual. E, mais uma vez, superaram as minhas expectativas”, revelou a docente responsável pelo projeto. 

De acordo com a professora, as apresentações e os temas tratados foram muito intensos e geraram discussões interessantes sobre o significado da Arte. “Foi super gratificante observar o quanto os alunos estão engajados e conscientes. Dentro da linguagem adotada por cada um, conseguiram transmitir e compartilhar de forma artística o que sentem e cumpriram com excelência a demanda proposta”, disse.

Para quem participou da atividade prática, foi um momento de aprender mais sobre manifestações artísticas que estão presentes no nosso dia a dia. “Eu sempre entendi que a pichação é sim uma forma de expressão e Arte. E eu amei esse trabalho”, declarou a aluna Liziane Gomes. “Respeitar todas as classes sociais e econômicas, respeitar o pensar e a opinião de cada um. Não são só projetos de ‘casas’, são valores, amor e também Arte”, completou. 

Mariana Seratti ressaltou a importância desse tipo de atividade prática para a sua formação profissional. “Nós trabalhamos a criatividade e, principalmente, entendemos como funciona a mente e a pessoa em si. O que nós como arquitetos temos que entender também não é uma questão de cores e construção, mas de humanidade também. A Arquitetura vai além de construir casas, combinar cores e realizar sonhos, mas trazer uma reflexão”, explicou.

Mariana fez seu trabalho relacionado ao filme “O menino do pijama listrado”, que aborda a temática dos campos de concentração nazistas na Alemanha. A pandemia, a violência, a miséria, a pobreza e a política também foram temas desenvolvidos pelos alunos.

 

 

Confira notícias sobre o curso de Arquitetura e Urbanismo do Grupo UniEduK 

Skip to content