A imagem mostra momentos primeiro encontro do projeto Plano de Carreiras

Acontece primeiro encontro do projeto “Plano de Carreiras” no SESI Indaiatuba

O projeto “Plano de Carreiras” foi idealizado pela Escola de Negócios da UniMAX e é destinado a alunos do segundo e terceiro anos do Ensino Médio do Centro Educacional SESI nº 420 (Indaiatuba). O Plano de Carreiras prevê etapas como Aplicação do Teste de Consultoria de Carreiras e Encontros Bimestrais para apresentação dos cursos

Em junho, a UniMAX realizou o primeiro encontro do projeto “Plano de Carreiras” junto aos alunos do SESI nº 420 (Indaiatuba). O projeto de orientação profissional foi idealizado pela Escola de Negócios do Grupo UniEduK. O público-alvo são alunos do segundo e terceiro anos do Ensino Médio.

Ciências da Computação, Direito, Enfermagem e Farmácia foram os primeiros cursos apresentados. Os alunos receberam informações sobre a profissão, faixa salarial, mercado de trabalho, campos de atuação, empresas da região (exemplo de multinacionais), futuro da profissão, possíveis especializações, entre outros temas.

Além disso, participaram de uma palestra realizada pelo funcionário da Escola de Negócios, Eduardo Alexandre de Lima Junior, com o tema: “As principais formas de ingresso em universidades”. Na ocasião, ele explicou temas como Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), ProUni (Programa Universidade para Todos), FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior) e SISU (Sistema de Seleção Unificada).

Levar esse projeto para a escola que eu estudei e sou formado é algo muito gratificante, pois consigo ver e acompanhar todo meu crescimento profissional proporcionado graças à UniMAX. Observar como o projeto está impactando vidas é algo incrível, pois os alunos estão vivendo essa experiência imersiva de forma exitosa, aproveitando e muito essa baita oportunidade“, destaca Eduardo Alexandre.

Sobre o projeto “Plano de Carreiras”

O objetivo do projeto “Plano de Carreiras” é impactar a vida de alunos de Ensino Médio por meio da informação e da experiência prática. O intuito é que eles conheçam mais a fundo sobre cursos de interesses por meio de rodas de conversas e workshops realizados durante o horário de aula.

Ao final do projeto, os alunos realizarão uma visita na UniMAX para conhecer a infraestrutura e os diferenciais da instituição.

De acordo com a Escola de Negócios, o projeto baseia-se em etapas:

  • Etapa 01: Aplicação do Teste de Consultoria de Carreiras

No primeiro encontro, foi aplicado um teste on-line disponibilizado pela UniMAX. O teste continha 30 perguntas, em que os alunos tiveram que classificar algumas situações do que mais gostam para o que menos gostam, buscando maior autoconhecimento e descoberta de soft skills que podem impactar nessa escolha.

No final do teste, foi disponibilizado um relatório personalizado de cada aluno, que contém as seguintes informações:

1. Perfil Primário e Secundário com suas principais características;

2. Animais que combinam com os perfis encontrados;

3. Cores que combinam com os perfis encontrados;

4. Países que combinam com os perfis encontrados;

5. Personagens e Personalidades que são parecidos com os perfis encontrados;

6. Mapa de carreiras com cursos encontrados a partir dos resultados obtidos na resposta dos testes.

Eduardo Alexandre de Lima Junior, um dos idealizadores do projeto e funcionário da Escola de Negócios, explica que os alunos foram divididos com base resultados obtidos, o que gerou os seguintes subgrupos:

      * Saúde: Para alunos que obtiveram maior resultado para cursos dessa área;

      * Exatas/Gestão de Negócios: Para alunos que obtiveram maior resultado para cursos desse segmento;

      * Humanas/Ciências Aplicadas: Para alunos que obtiveram maior resultado para cursos dentro desse subgrupo.

  • Etapa 02: Encontros Bimestrais para apresentação dos cursos

Segundo ele, nesses encontros são explicadas, de forma teórica e prática, algumas informações como:

  • Apresentação da profissão;
  • Faixa salarial;
  • Mercado de trabalho;
  • Campos de atuação;
  • Empresas da região (exemplo de multinacionais);
  • Futuro da profissão;
  • Especializações possíveis no curso, entre outros temas.
Pular para o conteúdo