A imagem mostra a alumni que trabalha no abrigo Municipal de Cães de Pedreira.

Alumni de Medicina Veterinária atua como gestora no Abrigo Municipal de Cães de Pedreira

A Medicina Veterinária sempre foi uma certeza na minha vida”, conta Heloísa Santos, alumni de Medicina Veterinária da UniFAJ, gestora do Abrigo Municipal de Cães de Pedreira

Formada pela UniFAJ (Jaguariúna-SP), a alumni Heloísa Santos atua como gestora do Abrigo Municipal de Cães e fiscalizadora de denúncias de maus-tratos da Prefeitura de Pedreira. Ela contou com exclusividade ao site do Grupo UniEduK sobre toda sua trajetória com a Medicina Veterinária e como é o trabalho que exige frieza e profissionalismo.

 

A CERTEZA DA PROFISSÃO

Ao contrário de muitas pessoas, Heloísa conta que sempre soube qual a profissão que gostaria de seguir: Médica-Veterinária. “Desde criança, meus pais incentivavam a convivência com animais, o que ajudou muito no meu desenvolvimento. Então, desde que me conheço por gente, sempre soube qual caminho seguir”, compartilha a profissional.

Para realizar seu sonho tão especial, a alumni não poderia desperdiçar suas esperanças em qualquer lugar! Por isso, ao checar as faculdades com melhores classificações no Ministério da Educação – MEC, encontrou a UniFAJ. A médica-veterinária conta que o fato de o Centro Universitário possuir o maior hospital veterinário da América Latina chamou bastante a atenção, além da facilidade de locomoção ao campus.

Dentro desse período de escolha e análise das faculdades, procurei diversas opiniões de ex-alunos e alunos em graduação e obtive feedbacks positivos da UniFAJ, nos quais fui informada que havia professores com ótimas referências e muita prática em aulas”, completa.

 

ESTÁGIO ZOOBOSQUE MUNICIPAL DE PEDREIRA

Já dentro do curso de Medicina Veterinária, a alumni aproveitou ao máximo as oportunidades oferecidas pela instituição: estágios supervisionados, atividades complementares, aulas práticas, eventos e muito mais! Heloísa passou por diversos estágios supervisionados, até em uma fazenda de reprodução bovina, mas conta que o que mais marcou sua trajetória foi estagiar no ZooBosque Municipal de Pedreira.

O ZooBosque abriga algumas espécies de animais silvestres e recebe diversos turistas da região. A médica-veterinária diz que, no local, pôde realizar resgates, solturas e atendimento clínico de animais silvestres com orientação da professora da área de  Silvestres, Fernanda B. Passos Nunes, da UniMAX, em Indaiatuba.

A experiência do estágio supervisionado do Grupo UniEduK na instituição, sem dúvidas, marcou positivamente a carreira da profissional. Da mesma forma, Heloísa comenta: “O Grupo UniEduK me beneficiou, a partir do momento em que me matriculei na instituição, abrindo portas para diversas áreas, tanto na minha região quanto no mundo afora, dando oportunidades de obter mais conhecimento e, consequentemente, realizações profissionais”.

 

ABRIGO MUNICIPAL DE CÃES DE PEDREIRA         

Atualmente, a alumni atua como gestora e médica-veterinária do Abrigo Municipal de Cães e também como fiscalizadora de denúncias de maus-tratos da Prefeitura Municipal de Pedreira. Ela conta que o Abrigo trata cerca de 50 cachorros, todos resgatados de maus-tratos de diversos tipos, como agressão, aprisionamento, falta de assistência veterinária e entre outras inúmeras causas.

São áreas que necessitam de frieza e ética profissional, pois, muitas vezes, vamos lidar com pessoas que cometem atrocidades com esses seres, os quais nós, médicos-veterinários, aprendemos durante cinco anos de graduação a respeitar, zelar e cuidar”, relata Heloísa sobre o dia a dia no Abrigo.

Ainda, a profissional conta que a graduação completa da UniFAJ a preparou bem para essas situações que encontra na rotina profissional. “Uma das principais lições que a faculdade me proporcionou e ficou bem mais aflorada, quando comecei a atuar na área de denúncia e resgate de cães, foi não só tratar o físico do animal, e sim considerar que há uma parte psicológica e social envolvida”, conta.

O fato de a maioria dos animais resgatados passarem por agressão causa traumas nos cães, que podem ser desencadeados a qualquer comento. Portanto, a profissional conta que no Abrigo são trabalhadas diversas atividades como adestramento e readaptações, como medidas socioeducativas de cuidado com o psicológico dos resgatados.

Ainda, Heloísa completa: “Não só com o animal em si, mas também com as crianças, que são o nosso futuro, onde realizo palestras e programas sociais em escolas do município, levando atividades teóricas e práticas envolvendo diversos temas, como abandono de animais, maus-tratos, cuidados essenciais ao pet, ajudando a criança/adolescente a desenvolver debates dentro de casa”.

 

REALIZAÇÃO PROFISSIONAL

Com seus empregos na Medicina Veterinária, a menina que sonhava em cuidar dos animais se sente realizada! Munida de muito esforço, luta, orientação de professores capacitados e apoio da família, Heloísa caminha cada dia mais em direção ao reconhecimento no meio profissional.

A alumni revela que não pretende parar de se aprimorar e, por isso, inicia neste ano sua pós-graduação em “Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais”, da UniFAJ em parceria com o Instituto Brasileiro de Veterinária – IBvet.

“Minha expectativa é nunca parar de evoluir, estar sempre estudando e buscando cada vez mais conhecimento”, finaliza a médica-veterinária Heloísa Santos. “Minha expectativa é sempre me aprimorar, estar sempre estudando e buscando cada vez mais conhecimento”, finaliza Heloísa.

 

Confira notícias dos cursos de Medicina Veterinária do Grupo UniEduK
Pular para o conteúdo