A imagem mostra três projetos desenvolvidos pelos alunos do Grupo UniEduK para a Mostra de Projetos Temáticos.

Alunos de Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Elétrica e Ciência da Computação realizam mostra de projetos temáticos

Mostra foi organizada em parceria com a Escola de Negócios do Grupo UniEduK e integrou o Ciclo de Empreendedorismo e Inovação

Os alunos dos cursos de Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Elétrica e Ciência da Computação (do segundo semestre) apresentaram projetos temáticos durante o Ciclo de Empreendedorismo e Inovação do Grupo UniEduK. Segundo os docentes responsáveis, a participação dos cursos na iniciativa se deu com o intuito de aproximar os alunos do empreendedorismo. 

A exposição dos projetos foi realizada em parceria com a Escola de Negócios do Grupo UniEduK. De acordo com os professores responsáveis pelos projetos, Lucas Ferrari e Leandro Velozo (gestor dos cursos), os alunos podem pensar em negócios a partir de conhecimentos técnicos que adquirem nos cursos de Engenharia e começar a planejar algo que no futuro pode se tornar um empreendimento real. 

Foi nítida a mudança de postura dos alunos ao apresentarem os projetos, usando uma linguagem mais adequada bem como termos comerciais, falando do público-alvo do projeto, custos envolvidos e outros pontos relevantes comerciais”, contam os professores. 

Os docentes também comentam que cada semestre participante teve um tema a ser cumprido. Os alunos do segundo semestre desenvolveram estações meteorológicas e de monitoramento de variáveis do ambiente para controle na agricultura, já o quarto semestre desenvolveu robôs de controle remoto. Enquanto isso, os alunos do sexto semestre precisaram desenvolver plataformas elevatórias para aplicações médicas e veterinárias e o oitavo semestre desenvolveu aplicações com controle de temperatura. 

Iniciativas como esta são essenciais para os cursos, uma vez que os trabalhos são propostos de acordo com as competências e habilidades desenvolvidas em cada semestre. Com isso, os alunos podem aplicar os conhecimentos de forma prática e fazer a integração dos conhecimentos adquiridos. Além disso, os benefícios aos alunos vão muito além das competências técnicas, viabilizando o desenvolvimento de competências socioemocionais. 

Visto que o Ciclo de Empreendedorismo e Inovação trouxe a possibilidade do investimento empresarial, dois projetos se destacaram pelo apoio recebido. Na UniFAJ (Jaguariúna), foi  um projeto dos alunos do segundo semestre. O trabalho consistiu no desenvolvimento de um carro de irrigação que monitorava as condições ambientes e de umidade do solo. Caso determinada região do solo estivesse seca, essa região era irrigada automaticamente, visando à economia de água no cultivo.

Já na UniMAX (Indaiatuba), o projeto que recebeu mais investimento foi um dispositivo para auxiliar fisioterapeutas na recuperação do movimento dos braços de pacientes que tiveram alguma lesão. O projeto consistiu em um pistão que auxiliava na movimentação vertical do braço do paciente, possibilitando o atendimento de mais de um paciente ao mesmo tempo.

Além de toda a experiência propiciada aos alunos dos cursos, os docentes ressaltam que esse tipo de iniciativa também faz diferença para a sociedade geral. “Os benefícios para a sociedade vêm de tecnologias que podem ser desenvolvidas nesses projetos, principalmente, com o viés empreendedor dado com a parceria com a Escola de Negócios”, finalizam.

 

Confira notícias do curso de Engenharia do Grupo UniEduK
Skip to content
Deseja receber notificações das últimas notícias e novidades no dispositivo?    Sim! Não, obrigado!