Alunos do Grupo UniEduK participam de conversas on-line com médico sanitarista Prof. Dr. Gonzalo Vecina Neto

Encontros foram oportunidades para o público conhecer mais sobre a história da Medicina e reorganização dos sistemas de saúde

O Grupo UniEduk (UniMAX, UniFAJ e Faagroh) promoveu nos dias 3 e 10 de agosto encontros on-line com o Prof. Dr. Gonzalo Vecina Neto, trazendo temas de grande relevância e atuais para contribuir com a formação dos estudantes do curso de Medicina, assim como dos alunos em geral. Médico sanitarista e professor da FSP-USP, além de colunista do jornal O Estado de S. Paulo, o professor trouxe a temática “Evolução da Ciência em grandes pandemias”, no dia 3, e “Adequação do sistema de saúde mundial e nacional à pandemia de Covid-19”, no dia 10. 

Alunos, docentes e o público em geral puderam acompanhar ao vivo pela plataforma do YouTube, no canal do Grupo UniEduK, e interagir com perguntas através do chat. Ao final do encontro, o microfone ficou aberto para quem quisesse falar. 

A atividade reforça o compromisso do Grupo, de aulas práticas com profissionais capacitados, que são atuantes e estão em destaque em diferentes áreas, colocando o aluno em contato com as reais necessidades do mercado de trabalho, sempre antenados com as demandas e evoluções de cada profissão.

As conversas são grandes aulas que trazem conhecimento da Medicina e da assistência em saúde no decorrer da história, relacionando as descobertas importantes com a evolução dessa área, além de abordar as grandes pandemias, entre outros temas.

O prof. Dr. Gonzalo destacou a interação do homem com a natureza, começando desta maneira a sofrer com doenças infectocontagiosas, assim como a questão da ingestão da carne de porco, que foi proibida por alguns povos antigos para evitar a disseminação de doenças. 

Em 1981, se descreveu a AIDS, a última grande epidemia do mundo importada da África, fruto da pressão ecológica. Nesse meio tempo, nós tivemos muitas pandemias relacionadas ao manejo de criação de porcos, de galinhas, como gripe aviária, gripe suína, tivemos vários membros da família Coronavírus, que é uma família que tem oito tipos de vírus. Em 1918, tivemos o H1N1 que fez um estrago fantástico no mundo com 50 milhões de mortos, e voltou em 2009, o mesmo H1N1”, relembrou o especialista.

Durante a conversa, o médico sanitarista falou também sobre os avanços relacionados a exames, procedimentos cirúrgicos, medicamentos e vacinas. “As vacinas também tiveram um desenvolvimento fantástico. A vacina contra o tétano, difteria, sarampo, rubéola, caxumba, varicela, mais recentemente as vacinas das pneumonias, contra Rotavírus, diarreia. Um número muito grande de vacinas foi desenvolvido nos últimos anos, mas ainda temos muito a fazer. Ainda temos problemas importantes a resolver com as doenças infectocontagiosas, mas a Medicina conseguiu fazer grandes milagres”.

Confira os encontros! 

Dia 03/08: https://youtu.be/Oq3n3VMROeE

Dia 10/08: https://youtu.be/WlYfOwKMY4I

Pular para o conteúdo