A imagem mostra momentos da aula magna que abordou depredação do patrimônio arquitetônico de Brasília

Aula Magna aborda depredação do patrimônio arquitetônico de Brasília

Curso de Arquitetura e Urbanismo da UniMAX, em Indaiatuba, trouxe para o evento o professor Rafael Urano, que discorreu sobre o tema “Os acontecimentos em Brasília e a repercussão no patrimônio arquitetônico”.

A depredação do patrimônio arquitetônico de Brasília foi o tema da Aula Magna do curso de Arquitetura e Urbanismo da UniMAX (Grupo UniEduK). Para abordagem do assunto, foi convidado o professor da Unicam, Rafael Urano.

O palestrante é professor associado de teoria, história e projeto de Arquitetura e Urbanismo na Unicamp, além de desenvolver pesquisas sobre arquitetura moderna brasileira, com ênfase no século XX.

O palestrante tem dois projetos publicados na renomada revista digital de arquitetura Archdaily. Um é o Conjunto Comercial na Praça Roosevelt em São Paulo. Já o outro é o Apartamento Chácara Klabin na zona sul de São Paulo. Ambos foram publicados nas categorias remodelação e design de interiores.

O tema da Aula Magna foi “Os acontecimentos em Brasília e a repercussão no patrimônio arquitetônico”, no qual foram destacados os atos contra a democracia que ocorreram no dia 08 de janeiro de 2023 com a depredação da sede dos Três Poderes.

Entre os principais tópicos tratados durante o evento, foram a discussão do plano piloto de Brasília; a apresentação de planos urbanísticos ao redor do mundo na época; a atuação dos arquitetos urbanistas modernistas e, por fim, a depredação do patrimônio cultural no dia 08 de janeiro de 2023.

“A Praça dos Três Poderes em Brasília se faz como um monumento à democracia a qual as instâncias governamentais se submetem. Tornar-se visível nesse palco, por si só, consiste em exercer o direito à democracia”, destacou o professor Rafael Urano.

Por sua vez, a gestora do curso de Arquitetura e Urbanismo, Elena Furlan de França, conta qual a importância do tema da Aula Magna para os estudantes e para a sociedade.

É fundamental ter discussões e debates para o entendimento dos acontecimentos atuais e a relação deles com o nosso patrimônio cultural arquitetônico. Para os estudantes de Arquitetura, essa aula foi essencial para perceber a importância do arquiteto na sociedade e o reflexo dela na forma como nos relacionamos”, diz.

Pular para o conteúdo