Bolas de pelo: Portal Terra tira dúvidas com Grupo UniEduK

A médica-veterinária Ana Letícia Rubello, supervisora da Clínica de Pequenos Animais do Hospital Veterinário do Grupo UniEduK, esclarece se é normal gatos vomitarem bolas de pelo, se os tutores devem se preocupar com a situação, além do que é necessário ser feito para minimizar a ingestão de pelos. As explicações foram dadas para a coluna Vida Estilo do Portal Terra. O texto foi compartilhado pelo Jornal da Franca. 

Confira o texto do Portal Terra na íntegra:

É normal gatos vomitarem bolas de pelos? Veterinária explica

Seu gatinho está vomitando bolas de pelos e você quer saber se é necessário se preocupar com isso? Descubra agora 

Em desenhos animados, é bastante comum ver cenas onde gatinhos vomitam bolas de pelos. E essa cena se repete também na vida real. Mas fica o questionamento: será que esse hábito é preocupante na rotina dos bichanos?

Indo direto ao ponto, nem sempre. Isso acontece com felinos pois eles se higienizam com a língua. Consequentemente, os gatos podem acabar ingerindo pelos e liberando eles em forma de bolas depois.

“Na maioria das vezes, durante a higiene do felino, há a ingestão de pelos. Estes, por sua vez, são eliminados pelo sistema digestivo do animal na hora de defecar. Quando não há digestão adequada, as bolas de pelo acabam sendo eliminadas via vômitos”, explica a médica-veterinária Ana Letícia Rubello.

Ela, que é supervisora da Clínica de Pequenos Animais do Hospital Veterinário do Grupo UniEduK, ainda explica que todas as raças de gatos são propensas a soltar bolas de pelo. Porém, é preciso lembrar que gatos de pelagem longas podem vomitar com uma frequência um pouco maior. Em períodos de troca de pelos — seja em gatos de pelo curto ou longo — esse hábito também pode acontecer mais vezes.

Mas cuidado: só porque é comum que isso ocorra, não quer dizer que as bolas de pelo não possam significar um problema de saúde. Por isso, preste sempre atenção na frequência com a qual isso ocorre. “Se o animal apresentar diversos episódios de vômito ou mesmo ausência de fezes e falta de apetite, é possível que esteja parado no trato gastrointestinal. Quando isso acontecer, é importante levar o felino a um médico-veterinário de confiança”, diz a especialista.

É possível evitar que gatos vomitem bolas de pelos?

Para evitar que esses possíveis problemas ocorram, dá para tomar algumas atitudes. A escovação, por exemplo, é uma boa alternativa. Segundo Ana, essa ação auxiliará na remoção dos pelos soltos, diminuindo a ingestão por parte do animal.

“Outra forma bastante eficiente está no consumo de rações que ajudam no trânsito dos pelos no sistema gastrointestinal. Por fim, mas não menos importante, investir bastante na ingestão de água, deixando vários potinhos espalhados pela casa”, finaliza.

 

Crédito: Portal Terra e Jornal da Franca.

Pular para o conteúdo