A imagem mostra momentos ação de Educação Nutricional

Curso de Nutrição promove ação de Educação Nutricional na empresa Snellog

A ação de Educação Nutricional fez parte da data dedicada ao Combate e Prevenção da Hipertensão Arterial. A atividade foi promovida por alunos do sétimo e oitavo semestres, que realizam o Estágio Supervisionado Obrigatório Curricular em Nutrição Social. Os futuros nutricionistas foram acompanhados e orientados pelas professoras Laís de Faria Fonseca e Aline Dânima de Almeida.

Os funcionários da empresa Snellog, em Jaguaríuna, foram beneficiados pela ação de Educação Nutricional promovida pelo curso de Nutrição da UniFAJ (Grupo UniEduK). A atividade fez parte do Dia Nacional de Combate e Prevenção de Hipertensão Arterial.

A empresa, contemplada com a ação, está entre os maiores centros de distribuição do país, especializada em armazenagem e logística, segundo a própria Snellog (Grupo NC).

Já a ação foi desenvolvida pelos estudantes do sétimo e oitavo semestres. Ela fez parte do Estágio Supervisionado Obrigatório Curricular em Nutrição Social. Para isso, eles receberam orientações e foram acompanhados pelas professoras Laís de Faria Fonseca e Aline Dânima de Almeida.

De acordo com as professoras, a ação de Educação Nutricional abordou a alimentação saudável para prevenção e tratamento da hipertensão arterial sistêmica. Os alunos também demonstraram como é um prato saudável. Além disso, fizeram a mensuração do peso e da estatura com o cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC).

Sobre o Dia Nacional de Combate e Prevenção de Hipertensão Arterial

A data foi instituída pela Lei nº 10.439/2002. Segundo o Ministério da Saúde, o objetivo é conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico preventivo e do tratamento da doença.

A hipertensão é caracterizada pela elevação sustentada dos níveis de pressão arterial, acima de 140×90 mmHg (milímetro de mercúrio), popularmente conhecida como 14/9.

Entre os sintomas, estão tontura, falta de ar, palpitações, dor de cabeça frequente e alteração na visão podem ser os sinais de alerta, entretanto, a hipertensão geralmente é silenciosa, sendo importante medir regularmente a pressão arterial.

principais causas podem ser obesidade, histórico familiar, estresse e envelhecimento. O consumo exagerado de sal, associado a hábitos alimentares não adequados também colaboram para o surgimento da hipertensão.

O órgão público federal também orienta que: “A hipertensão, na grande maioria dos casos, não tem cura, mas pode ser controlada. Nem sempre o tratamento significa o uso de medicamentos, sendo imprescindível a adoção de um estilo de vida mais saudável, com mudança de hábitos alimentares, redução no consumo de sal, atividade física regular, não fumar, moderar o consumo de álcool, entre outros”.

As principais complicações são AVC (Acidente Vascular Cerebral), infarto agudo do miocárdio e doença renal crônica. Além disso, a hipertensão pode levar a uma hipertrofia do músculo do coração, causando arritmia cardíaca.

Por fim, o Ministério orienta formas de prevenção e controle como:

  • Manter o peso adequado, se necessário, mudando hábitos alimentares;
  • Não abusar do sal, utilizando outros temperos que ressaltam o sabor dos alimentos;
  • Praticar atividade física regular;
  • Aproveitar momentos de lazer;
  • Abandonar o fumo;
  • Moderar o consumo de álcool;
  • Evitar alimentos gordurosos;
  • Controlar o diabetes.

Com informações: Ministério da Saúde

Pular para o conteúdo