Docência e atendimento na saúde pública são focos de alumni de Enfermagem

Formado pelo Grupo UniEduK (UniMAX) em 2020, enfermeiro demonstra paixão por estudos e defende metodologias ativas como importante ferramenta de aprendizagem

A jornada de Matheus de Andrade Ruas pela área da saúde começou em 2012, ao concluir o curso de Técnico em Enfermagem pela Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura (FIEC). A partir daí, foram muitos anos de dedicação e aprendizado até chegar à conclusão da graduação em Enfermagem pelo Grupo UniEduK (UniMAX) em 2020. “Antes da graduação, eu já gostava muito da área da saúde e escolhi a Enfermagem, porque eu sempre gostei de ajudar pessoas, sempre me imaginei cuidando de alguém, mas eu não queria apenas cuidar, eu queria uma forma de poder ajudar cada pessoa como um todo, estando disposto a ouvir e não só sair falando o que eu aprendi”, explica Matheus. 

Depois de atuar em unidades de saúde, o alumni foi aprovado em concurso público e hoje demonstra satisfação por trabalhar com saúde pública. “Realizo os pré-atendimentos para as consultas médicas, faço curativos, aplico vacinas, faço visita domiciliar aos pacientes acamados que não conseguem ir até a unidade de saúde, desenvolvo palestras de orientação para a população e, em algumas oportunidades, para outros funcionários da minha unidade, buscando assim trazer aos pacientes a compreensão sobre a doença e como eles podem gerenciar os hábitos de vida para terem uma saúde melhor”, conta o alumni. 

Além disso, conseguiu conquistar o sonho de atuar como professor. “Hoje sou docente em um curso técnico de Enfermagem, atuando na formação de Auxiliares de Enfermagem e ministrando aulas de Dietoterapia, Ginecologia Aplicada à Enfermagem e Anatomia”, explica Matheus. 

O DIFERENCIAL DAS METODOLOGIAS ATIVAS 

Sempre comprometido com os estudos, o enfermeiro ressalta o diferencial de ensino na prática do Grupo UniEduK (UniMAX). “Escolhi a UniMAX pelo uso de Metodologias Ativas para o ensino de saúde! Percebi que o método tradicional cria pessoas que decoram conteúdo e que, após as provas, esse conteúdo, se não praticado, acaba sendo esquecido. Vejo no mercado de trabalho diversos profissionais que se orgulham em dizer que fizeram faculdade no método tradicional, mas quando estão atuando não se portam como enfermeiros e atuam com subserviência a outras profissões na saúde”, garante Matheus

Durante a graduação, o alumni conta que participou de diversos projetos. Realizou palestra para os alunos de Enfermagem com o foco em capacitá-los para os atendimentos no Projeto UniMAX Segura, além de ser monitor no ensino prático de técnicas de curativo para os alunos de Medicina da UniMAX. Também apresentou artigo no Congresso de Enfermagem (CONDEPE) em 2018, destacando a importância das metodologias ativas no ensino da Enfermagem. “Com a Metodologia Ativa, aprendemos executando e simulando atendimentos, discutindo casos e aprendendo a utilizar os diagnósticos de Enfermagem em consultas simuladas nos laboratórios práticos. Com o uso desse método, nos sentimos muito mais preparados para atuar em campos de estágio e somos estimulados a desenvolver um olhar clínico muito mais apurado”, explica. 

DOCÊNCIA EM ENFERMAGEM

Depois da graduação, Matheus não pensa em parar. Durante o curso, descobriu que poderia ampliar mais seu leque de conhecimento e atuação profissional. “Percebi que muitos enfermeiros não conseguiam se inserir no mercado de trabalho por falta de conhecimento e por não buscarem um aprimoramento e especialização. Foi então que, já na UniMAX, me interessei por ser docente de Enfermagem e passei a me dedicar à graduação para me  aprimorar a cada dia, buscando um dia me tornar professor universitário. Dessa forma, me envolvi no Time de Estudo e Pesquisa da Infância e da Adolescência (TEPIA) e, em parceria com o grupo, passei a desenvolver pesquisas acadêmicas, buscando enriquecer o meu currículo acadêmico e estar cada vez mais perto de me inserir no mercado de trabalho como educador em saúde”, conta. 

Nesse sentido, o enfermeiro divide seu tempo entre seu trabalho e os preparativos para o mestrado. Reforça a importância de uma vida equilibrada, valorizando o papel da família em todos os momentos. “O tempo está sendo meu maior desafio, mas procuro fazer tudo com calma e não atropelar nenhum processo. Então me dedico aos estudos, mas me dedico mais ainda ao meu casamento e à construção da minha família! A minha esposa e os meus pais foram as pessoas que me apoiaram em cada projeto e que acreditaram que eu era capaz mesmo quando eu duvidava. Então, procuro não abdicar de bons momentos porque sei do conhecimento que acumulei até aqui e sei do meu empenho para os estudos. A forma como organizei minha mentalidade funciona para isso”, explica. 

BOAS PRÁTICAS PARA O FUTURO 

Depois de tanto empenho, Matheus faz questão de reforçar a importância do profissional de Enfermagem que pode atuar de várias maneiras, sendo gestor, empreendedor, docente, além do atendimento direto ao paciente. Destaca, ainda, que é uma profissão de atuação em vários momentos da vida, desde a saúde da criança até os cuidados paliativos e a chamada tanatologia, que acolhe o paciente no final da vida. 

O enfermeiro faz questão de deixar recomendações aos futuros colegas. “Meu conselho para todos os que querem cursar Enfermagem é que tenham em mente que precisarão ouvir muito e compreender aquilo que ouvem para um diagnóstico preciso, precisarão aprender a entender a dor do outro sem julgamento e precisarão estar sempre estudando, pois essa área está em constante evolução! E se você não souber ter empatia… escolha outra profissão, bem longe da saúde”, conclui. 

Conheça o Programa Alumni!

Pular para o conteúdo