Em artigo, Professora de Fisioterapia do Grupo UniEduK fala sobre a Terapia Manual

A docente Fernanda Moraes explica a ligação entre Fisioterapia e a Terapia Manual conhecida como Massagem Clássica, a importância da avaliação, benefícios, estudo sobre o assunto, entre outros tópicos
ODS_03 ODS_04
Confira na íntegra (abaixo) o texto da Professora Fernanda Moraes: 
FISIOTERAPIA E A TERAPIA MANUAL: MASSAGEM CLÁSSICA
O termo “terapia manual” refere-se a mãos em tratamento, ou seja, nos tratamentos do corpo humano: músculos, tendões, ligamentos e articulações.
A terapia manual é uma área especializada da Fisioterapia, que tem como principais objetivos a redução da dor e a restauração da função normal. As técnicas visam diminuir a dor, melhorar a amplitude de movimento e a função.
O toque humano é um ingrediente essencial na filosofia de tratamento e na abordagem. Utilizamos as mãos para aplicar pressão ou tração sobre uma determinada estrutura, com o intuito de mobilizá-la, a fim de diminuir a dor causada pelo espasmo ou contratura muscular.
A massagem consiste em um conjunto de movimentos leves ou com maior pressão, de acordo com a necessidade e objetivo desejado. É utilizada para fins de prevenção e restauração do estado físico ou melhoramento estético, corporal e facial, utilizada também em atletas antes e após a competição.  
A massagem deve ser realizada com cuidado, respeitando estruturas como a pele, vasos:  arteriais, venosos e linfáticos e não deve provocar hematomas ou dor.
 
A IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO
A anamnese é importante antes de qualquer tipo de tratamento e na aplicação de qualquer técnica de massagem, não seria diferente. Com a anamnese é possível obter informações sobre o paciente e a partir destas, analisar os dados e aplicar a melhor técnica.
 
MASSAGEM CLÁSSICA
Massagem Clássica ou Relaxante, pode ser definida como uma compressão metódica e rítmica do corpo, ou parte dele, para que se obtenham efeitos terapêuticos. Os principais efeitos estão no desenvolvimento do relaxamento muscular, atuação na dor e na circulação e nos sintomas característicos da ansiedade e da tensão (estresse).
As manobras utilizadas em aula prática: Deslizamento ou alisamento, Effleurage, Pétrissage, Percussão, Fricção. Estimulam a circulação (aumento local e periférica), mobilidade dos tecidos moles superficiais e profundos; promovendo bem-estar, alívio da dor e relaxamento global.
Esta disciplina faz com que o aluno utilize conhecimentos já obtidos como: anatomia, fisiologia e cinesiologia; possibilitando um reconhecimento correto da patologia que afeta o paciente, permitindo a aplicação de técnicas e manobras específicas para caso. Ele será capaz de dominar os recursos pertinentes à atuação fisioterapêutica garantindo sua qualidade, estabelecendo prognóstico, reavaliando condutas e critérios pela alta fisioterapêutica. 
O Grupo UniEduK possui o compromisso de manter o aprendizado contínuo do aluno, complementando sua formação e aprimorando sua prática profissional.
 
Crédito: Professora Fernanda Moraes

Pular para o conteúdo