A imagem mostra a visita à Citrus Tree

Estudantes de Engenharia Agronômica fazem visita técnica à CitrusTree

Acompanhados pela professora Cinara Libéria Pereira Neves, os estudantes visitaram a CitrusTree em Mogi Mirim. A empresa está entre as maiores processadoras de limão Tahiti do Brasil. Com as visitas técnicas, os alunos podem aprender como uma cultura mais produzida na região dentro do setor de fruticultura atua, transformando assim o conhecimento de forma prática.

Os estudantes do terceiro semestre do curso de Engenharia Agronômica da FAAGROH (Grupo UniEduK) realizaram uma visita técnica à CitrusTree, localizada em Mogi Mirim. Eles foram acompanhados pela professora Cinara Libéria Pereira Neves, que leciona a disciplina Fruticultura tropical e subtropical.

De acordo com a própria empresa, a Citrus Tree está entre as maiores processadoras de limão “Tahiti” ‘ (Citrus latifolia)  do Brasil. A produção e comercialização da fruta foram iniciadas na década de 80. A empresa é considerada a pioneira na exportação dessa espécie de limão.

Na oportunidade, os alunos conheceram a produção em campo e processo de beneficiamento de limão “Tahiti” para exportação. “Dentro do processo de produção, foram apresentadas técnicas de enxertia da cultura, variedade de porta enxerto e enxerto, técnicas usuais e atuais de condução da cultura”, explica a professora Cinara.

Os estudantes também acompanharam o processo de beneficiamento da cultura dentro do padrão de exportação com todas as regras e solicitações do governo nacional e dos compradores internacionais. “Dentro do processo, também existe a seleção de frutos para suco e extração de óleo essencial que foi apresentado aos alunos”, diz. “Transmitir informação aos alunos, de forma prática, sempre é um aspecto contemplado pela instituição. Com as visitas técnicas, os estudantes podem aprender sobre as culturas da região dentro do setor de fruticultura, transformando assim o conhecimento de forma prática”, finaliza a docente.

Pular para o conteúdo