A imagem mostra alunos do curso de Engenharia Civil da UniMAX elaborando o memorial descritivo de construção.

Estudantes do curso de Engenharia Civil elaboram memorial descritivo de construção

Sob a condução da professora Marinara Moura, durante a disciplina de Gerenciamento de Obras, os alunos do nono semestre de Engenharia Civil da UniMAX elaboram o memorial descritivo de construção, documento público e registrado em cartório destinado a consulta

Durante a aula de Gerenciamento de Obras do curso de Engenharia Civil do Grupo UniEduK, os alunos do nono semestre (UniMAX), sob orientação da professora Marinara Moura, elaboraram um memorial descritivo de construção.

O memorial é um documento público, exigido pela Lei nº 4.591, de 16 de dezembro de 1964, que dispõe sobre o condomínio em edificações e as incorporações imobiliárias. Para edificações, o manual descritivo tem regras, presentes na ABNT NBR 15.575, que trata sobre o Desempenho de Edificações Habitacionais.

Este documento deve ser registrado em cartório e antecede a etapa de execução da obra. Para isso, precisa ser detalhado e conter tudo o que irá compor o projeto. O intuito é ser um documento objetivo e funcional a fim de que qualquer pessoa interessada pelo imóvel possa consultá-lo.

O memorial descritivo de construção traz informações sobre todos os materiais e estruturas a serem executadas, por exemplo, revestimentos, paginação de piso, louças, instalações elétricas e hidrossanitárias, etc.

De acordo com a docente, durante a aula, os alunos se reuniram em grupos e desenvolveram a elaboração do memorial. “A partir dessa prática, os alunos tomaram conhecimento sobre todas as etapas da obra e os principais itens que devem ser descritos, bem como a importância de um memorial descritivo na execução de uma obra”, destaca Marinara.

 

Confira notícias do Grupo UniEduK
Pular para o conteúdo