Grupo UniEduK oferece cerca de 110 bolsas de estudo integrais pelo ProUni

Site do MEC aponta que as inscrições para o ProUni têm início na terça-feira, dia  22, e seguem até 25 de fevereiro

Cerca de 110 bolsas de estudo integrais (100%) são oferecidas pelo Grupo UniEduK por meio do ProUni – Programa Universidade para Todos. Há oferta para graduações presenciais nas áreas de Exatas, Humanas, Saúde, Agronegócio e Tecnologia, também há para cursos a distância. 

O período de inscrições ocorre de terça-feira, dia 22, a sexta-feira, dia 25 de fevereiro, diretamente e exclusivamente no site do ProUni de forma gratuita. 

Antes de tudo, pelo site do ProUni, em Confira as bolsas ofertadas e em seguida em Procurar por Instituição, é possível inserir o nome da UniMAX (Centro Universitário Max Planck) e UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna – contempla a FAAGROH em Holambra) e descobrir o número de vagas por curso. 

Além disso, nessa mesma pesquisa, é possível saber o grau do curso (bacharelado, licenciatura, tecnológico ou curso a distância); o turno (matutino, noturno ou integral); valor da mensalidade bruta e com desconto; quantidade de bolsas oferecidas por cota e por ampla concorrência e; endereço de cada campi. 

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), para concorrer a uma das bolsas de estudo integrais do Grupo UniEduK, é necessário ter prestado, recentemente, o ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio e ter tirado, pelo menos, 450 pontos na média.

 

Confira as regras do ProUni

De acordo com o MEC, podem participar do ProUni:

  1. Estudantes que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública, ou na rede particular na condição de bolsista integral da própria escola;
  2. Estudantes com deficiência – neste caso, não é necessário ter cursado todo ensino médio na rede pública ou na rede particular na condição de bolsista integral da própria escola e;
  3. Professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

Além disso, precisa cumprir mais alguns requisitos:

  • BOLSA INTEGRAL: o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo (vigente);
  • Não possuir diploma de curso superior;
  • Ter participado do Enem mais recente;
  • Obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas;
  • Não pode ter tirado zero na redação.

Ainda segundo o MEC, o candidato pode escolher até duas opções de instituições, cursos e turnos, de acordo com sua ordem de preferência e seu perfil socioeconômico.

Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar as opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada.

Saiba mais pelo site do ProUni 

Pular para o conteúdo