Mostra de Projetos Temáticos do Grupo UniEduK promove criatividade, inovação e muito ensino na prática

Iniciativa reuniu cursos de Controle e Automação, Engenharia Elétrica e Ciência da Computação

Uma noite regada a criatividade, inovação e multidisciplinaridade. Assim foi a Mostra de Projetos Temáticos, realizada no dia 12/08 nos campi da UniFAJ (Jaguariúna) e da UniMAX (Indaiatuba). Ao todo, foram 62 apresentações práticas dos cursos de Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Elétrica e Ciência da Computação do Grupo UniEduK. 

“A iniciativa segue o DNA do Grupo UniEduK, onde a aprendizagem significativa é potencializada com a prática. Dessa forma, conseguimos desenvolver várias competências, habilidades, saberes e fazeres. A participação e colaboração coletiva de toda a comunidade acadêmica reforça o protagonismo dos nossos alunos”, explica o gestor dos cursos de Engenharia de Controle e Automação e Engenharia Elétrica, prof. André Mendeleck. 

Quem esteve nos campi no dia pôde conferir projetos bem diferenciados. Entre eles, os alunos apresentaram braço robótico com IoT, parque de diversões, rover, instrumentação de água e resíduos, equipamentos de medição biométrica, além de processos industriais. “A mostra de projetos temáticos foi um sucesso, mediante todas as dificuldades impostas devido à pandemia, a conclusão e apresentação dos projetos tornaram-se muito mais importantes. Tenho certeza de que todos os alunos ficaram muito satisfeitos”, comentou o orientador pedagógico de Engenharia de Controle e Automação, Leandro Velozo.

Para quem está dando os primeiros passos na graduação, a resposta do ensino na prática veio bem rápida. “Foi uma surpresa, nós ficamos espantados onde chegamos, porque não imaginávamos estar fazendo uma estrutura diferente. Cortamos a madeira desde o zero, pensamos como articular um robô, fazer literalmente um braço. Foi bem emocionante”, comentou a aluna Karina Meireles de Oliveira, do segundo semestre de Engenharia de Controle e Automação. 

A área de entretenimento foi um dos segmentos desenvolvidos pelos futuros engenheiros. O grupo do Clodoaldo Fidelis Borges, aluno do quarto semestre de Engenharia de Controle e Automação, por exemplo, apresentou um jogo da velha diferenciado, com braço robótico a partir de inteligência artificial. “Esse projeto trouxe uma gama grande de conhecimento porque, no início, não demos muito peso ao desafio que ia ser. Mas, isso gerou muita pesquisa, proximidade com os professores, dúvidas, problemas. Tudo isso rendeu muito conhecimento. Eu nunca imaginei que, no segundo ano do curso, já fosse trabalhar com inteligência artificial. Depois, o desafio de transportar isso para movimentos. Com certeza, foi aprender na prática”, garantiu. 

A saúde foi outra área explorada pelos alunos na apresentação de soluções. “Participar deste projeto foi importante porque conseguimos identificar dificuldades que a Medicina tem e que nós, como engenheiros, podemos contribuir. Pudemos ampliar nossos conhecimentos relacionados a programação, Arduino, LabView. A prática ajuda muito, porque assim a gente consegue ver o que a nossa profissão realiza, colocando a teoria em prática”, afirmou a aluna Jaqueline Garrido Duarte da Silva, do oitavo semestre de Engenharia de Controle e Automação. 

Confira notícias de cursos de Engenharia do Grupo UniEduK

Pular para o conteúdo