O TechDay é uma feira de apresentações destinada a todos os alunos de Engenharia e Ciências da Computação, que apresentam os projetos desenvolvidos ao longo do semestre

Mostra de tecnologia, inovação e empreendedorismo premia melhores projetos da UniMAX

Ciclo de Empreendedorismo e Inovação e TechDay acontecerão nos dias 29 de maio e 4 de junho e estão abertos aos alunos de todos os cursos do centro universitário

Um polo de tecnologia, empreendedorismo e inovação estudantil. Esse é o propósito do Ciclo de Empreendedorismo e Inovação e do TechDay, eventos que serão realizados nos dias 29 de maio e 4 de junho, respectivamente, a partir das 19 horas, no Centro Universitário Max Planck (UniMAX), em Indaiatuba.

No Ciclo de Empreendedorismo e Inovação serão apresentados os projetos inovadores desenvolvidos ao longo do semestre pelos alunos de todos os cursos da UniMAX e que concorrerão a uma premiação.

Já o TechDay é uma feira de apresentações destinada a todos os alunos de Engenharia e Ciências da Computação, que irão apresentar os projetos desenvolvidos ao longo do semestre. Os eventos são abertos ao público e serão realizados no Centro de Convivências.

De acordo com o gestor da Escola de Negócios da UniMAX, Marcello Cevales, o objetivo é contribuir para a formação profissional dos alunos, habilitando-os e incentivando-os a enfrentarem as exigências e dinâmicas do mercado de trabalho. “A universidade realmente enaltece seu lema ‘Seu Futuro na Prática’. Dessas iniciativas surgem os empreendedores e profissionais do futuro”, disse Cevales.

Para Márcio Sanches, diretor de Pesquisa e Inovação do InovaEduK, hub de inovação da UniMAX, ações como essas, desenvolvidas pelo centro universitário, são de extrema importância no âmbito acadêmico. “A nossa missão como centro universitário também é a de ser um incentivo à talentos que queiram crescer, criar alternativas de carreira e projetos, além de desenvolver ideias que possam trazer soluções inovadoras para a sociedade, empresa e ao poder público’, diz.

Avaliação

Os projetos apresentados serão avaliados por uma banca julgadora, composta por representantes de empresas parceiras da UniMAX. “Para o aluno é uma representação do que acontece no mundo corporativo, em aspectos como sua fala, postura, tempo de apresentação e qualidade das informações”, destaca Cevales.

Entre as empresas confirmadas estão KION GROUP, General Motors, Gerresheimer, MANN + HUMMEL, Fatec, Mahalo Academia, Escritório de Arquitetura, Panificadora Irmãos Leopoldino, JLB Contabilidade, HAOC Indaiatuba, Santander e o hub de inovação da UniMAX.

Os critérios de avaliação são:

  1. a) Originalidade e criatividade.
  2. b) Viabilidade técnica, econômica e operacional.
  3. c) Qualidade da apresentação (clareza, objetividade e capacidade de comunicação.
  4. d) Inclusão e diversidade.

Os três projetos mais bem avaliados ao final do Ciclo de Empreendedorismo e Inovação serão anunciados no dia 3 de junho, às 19 horas, no auditório da UniMAX. O primeiro projeto receberá o valor de R$ 1.000, o segundo R$ 750 e, o terceiro, R$ 500.

Pular para o conteúdo