A imagem mostra momentos da Aula Magna sobre Perfusão Extracorpórea

“Perfusão Extracorpórea” é tema de Aula Magna de Biomedicina e Farmácia

Para a abordagem do tema, o Grupo UniEduK convidou o biomédico perfusionista do Hospital de Clínicas da Unicamp, Elio Carvalho. Segundo a SBCEC, a Perfusão Extracorpórea é um procedimento com utilização de máquinas, aparelhos, circuitos e técnicas, capaz de substituir, temporariamente, a função de bomba do coração e a função respiratória do pulmão, enquanto estes órgãos ficam excluídos da circulação sistêmica.

Os alunos dos cursos de Biomedicina e Farmácia da UniMAX (Grupo UniEduK) foram contemplados com uma Aula Magna sobre “Perfusão Extracorpórea”. O procedimento ficou em evidência durante a pandemia de Covid-19.  Além de ser uma das habilitações que podem ser desempenhadas por profissionais formados nas duas áreas.

Para discorrer sobre o tema, foi convidado Elio Carvalho, biomédico perfusionista do Hospital de Clínicas da Unicamp. O palestrante é titulado pela Sociedade Brasileira de Circulação Extracorpórea (SBCEC). Além da Sociedade Latino Americana de Perfusão (ALAP) e pelo Conselho Latino Americano de Perfusão (CLATE). Elio já foi presidente e diretor científico da SBCEC e coordenador do curso de Perfusão da Unicamp.

Segundo a SBCEC, a Perfusão Extracorpórea é um procedimento que utiliza máquinas, aparelhos, circuitos e técnicas que substitui, temporariamente, a função de bomba do coração. Além disso, é capaz de fazer a função respiratória dos pulmões, enquanto estes órgãos ficam excluídos da circulação sistêmica. Também pode suprir o rim.

Neste procedimento, o profissional perfusionista tem a responsabilidade de atuar como o coração e o pulmão do paciente. Ou seja, o biomédico e o farmacêutico podem atuar na preservação da vida do paciente durante uma cirurgia.

Durante a Aula Magna, foram abordados pontos sobre a atuação do profissional Biomédico e Farmacêutico na perfusão, o mercado de trabalho e as etapas para atuação no mercado de trabalho.

A importância deste evento está em entender o papel do biomédico e do farmacêutico nas mais distintas áreas de atuação profissional, assim como a importância e necessidade das respectivas formações e incentivar os alunos a descobrir áreas de atuação de interesse”, destacam as gestoras acadêmicas, Viviane Ferre de Souza Rodrigues (Biomedicina) e Michelle Pedroza Jorge (Farmácia).

Pular para o conteúdo