A imagem mostra o escrito ProUni 2022 e o logo do Grupo UniEduK.

ProUni: último dia para se inscrever para cerca de 110 bolsas de estudo 100% oferecidas pelo Grupo UniEduK

Entre outros requisitos, aqueles que prestaram Enem, recentemente, e obtiveram, pelo menos, 450 pontos na média, podem acessar o site do ProUni e se inscrever

Encerra nesta sexta-feira, dia 25 de fevereiro, as inscrições para o ProUni – Programa Universidade para Todos. O Grupo UniEduK oferece cerca de 110 bolsas de estudo integrais (100%) para graduações presenciais nas áreas de Exatas, Humanas, Saúde, Agronegócio e Tecnologia, também há para cursos à distância.

As  inscrições são feitas diretamente e exclusivamente no site do ProUni de forma gratuita, obedecendo aos critérios estabelecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

De acordo com o órgão federal, para concorrer a uma das bolsas de estudo integrais do Grupo UniEduK é necessário ter prestado, recentemente, o ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio e ter tirado, pelo menos, 450 pontos na média.

 

PESQUISA

Antes de tudo, pesquise no site do ProUni em Confira as bolsas ofertadas e, em seguida, clique em Procurar por Instituição. Assim, é possível inserir o nome da UniMAX (Centro Universitário Max Planck) e UniFAJ (Centro Universitário de Jaguariúna – contempla a FAAGROH em Holambra) e descobrir o número de vagas por curso.

Além disso, nessa mesma pesquisa, é possível saber o grau do curso (bacharelado, licenciatura, tecnológico ou curso à distância); o turno (matutino, noturno ou integral); valor da mensalidade bruta e com desconto; quantidade de bolsas oferecidas por cota e por ampla concorrência; e endereço de cada campi.

 

Confira as regras do ProUni

De acordo com o MEC, podem participar do ProUni:

  • Estudantes que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública ou na rede particular – na condição de bolsista integral da própria escola;
  • Estudantes com deficiência – neste caso, não é necessário ter cursado todo ensino médio na rede pública ou na rede particular na condição de bolsista integral da própria escola; e
  • Professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

Além disso, precisa cumprir mais alguns requisitos:

  • BOLSA INTEGRAL: o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo (vigente);
  • Não possuir diploma de curso superior;
  • Ter participado do Enem mais recente;
  • Ter obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas;
  • Não ter tirado zero na redação.

Ainda segundo o MEC, o candidato pode escolher até duas opções de instituições, cursos e turnos, de acordo com sua ordem de preferência e seu perfil socioeconômico.

Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar as opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada.

 

Saiba mais pelo site do ProUni

Pular para o conteúdo