”RCR e Suporte Básico à Vida”: áreas recentes da Fisioterapia são abordadas em aula especial

Para a abordagem do tema “RCR e Suporte Básico à Vida”, o Grupo UniEduK convidou o alumni Herbert Marcos Vieira, fisioterapeuta formado pela UniFAJ e especialista em Urgência e Emergência. O assunto fez parte da disciplina Fisioterapia, Cidadania e Comunidade,  ministrada aos estudantes do primeiro semestre sob responsabilidade dos docentes Luis Felipe Valle e Erica Baciuk (gestora acadêmica).

A Reanimação Cardiorrespiratória (RCR) e Suporte Básico à Vida foram os temas da palestra especial destinada aos alunos do curso de Fisioterapia da UniFAJ (Grupo UniEduK). Para a abordagem do assunto, foi convidado Herbert Marcos Vieira.

O palestrante é formado em Fisioterapia pela UniFAJ e especialista em Urgência e Emergência. Atualmente, é fisioterapeuta na Atenção Primária em Saúde pela Prefeitura de Campinas. Também é professor supervisor de Estágio em Fisioterapia Hospitalar pela UniFAJ.

O alumni aproveitou a oportunidade para motivar os futuros profissionais da área. “Nunca desistam dos seus sonhos, por mais difíceis que eles lhe pareçam. Eu entrei na faculdade com uma idade em que muitos já estão se formando e passei por muitas dificuldades para conseguir concluir, mas eu sempre tive o apoio e incentivo grande dos meus professores, que hoje são meus colegas de trabalho”, salienta.

O tema da aula especial é imprescindível para divulgar esse recente campo de trabalho que os fisioterapeutas conquistaram a partir da Resolução Nº 501 de 26 de dezembro de 2018.  O documento reconhece a atuação do fisioterapeuta na assistência à Saúde nas Unidades de Emergência e Urgência.

O assunto fez parte da disciplina Fisioterapia, Cidadania e Comunidade, ministrada aos estudantes do primeiro semestre sob responsabilidade dos docentes Luis Felipe Valle e Erica Baciuk (gestora acadêmica).

A situação-problema trabalhada este mês nas disciplinas ministradas para a turma de primeiro semestre do curso de Fisioterapia tinha como temática o Sistema Circulatório. O paciente do contexto sofreu uma parada cardiorrespiratória e foi reanimado por seu vizinho fisioterapeuta até que o resgate chegasse”, explica a professora Erica.

De acordo com a docente, nessa disciplina, os professores têm como objetivo trabalhar competências do fisioterapeuta no cuidado e promoção da saúde da comunidade. “Assim como promover discussões e vivências aos alunos sobre o papel do fisioterapeuta, enquanto profissional de saúde e cidadão”, complementa.

Diante da história apresentada, nessa aula prática, foram trabalhados a identificação de parada cardiorrespiratória, como se faz a reanimação como Suporte Básico à Vida, e foi finalizada com a apresentação do papel do fisioterapeuta em uma Unidade de Pronto-Atendimento dentro da equipe multiprofissional no Suporte Avançado à Vida”, comenta Erica.

Por fim, ela destaca qual a importância desse tema para os alunos de Fisioterapia. “Aos estudantes, é o desenvolvimento de competências para o atendimento básico de suporte à vida em uma situação de parada cardiorrespiratória, enquanto profissional de saúde”, conclui.  

Pular para o conteúdo