Agende uma visita!

A imagem mostra os alunos de Medicina Veterinária sentados na sala onde apresentaram os seminários sobre Programas de Saúde Animal.

Alunos de Medicina Veterinária realizam seminário sobre Programas de Saúde Animal ligados ao MAPA

A atividade aconteceu dentro da disciplina de Medicina Veterinária Preventiva. Estudantes apresentaram vídeos de 5 a 10 minutos sobre os Programas de Saúde Animal ligados ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) 

Com a finalidade de dar enfoque à Defesa Sanitária Animal e Defesa de Patrimônio, os estudantes do curso de Medicina Veterinária prepararam um seminário sobre os Programas de Saúde Animal ligados ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)

Para isso, eles apresentaram os trabalhos em formato de vídeos de 5 a 10 minutos. O seminário aconteceu dentro da disciplina de Medicina Preventiva lecionada pela professora Maria Fernanda Vianna Marvulo.

Os estudantes, divididos em grupo, apresentaram os seguintes programas: Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa – PNEFA; Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e da Tuberculose Animal – PNCEBT; Programa Nacional de Controle da Raiva dos Herbívoros e Outras Encefalopatias – PNCRH; Programa Nacional de Sanidade Avícola – PNSA e; Programa Nacional de Sanidade Apícola – PNSAp. 

Também foram apresentados sobre Programa Nacional de Sanidade dos Equídeos – PNSE;  

Programa Nacional de Sanidade dos Caprinos e Ovinos – PNSCO; Programa Nacional de Sanidade dos Suídeos –PNSS e Programa Nacional de Sanidade de Animais Aquáticos de Cultivo – PNSAA. 

“Os programas de saúde animal têm como objetivo a prevenção, controle e erradicação de doenças de impacto econômico e de importância zoonótica, visando à valorização do patrimônio pecuário nacional e à saúde pública”, explica a docente.

Maria Fernanda acrescenta que: “Com o  objetivo de garantir que os veterinários respondam às diversas expectativas da sociedade e que possuam os  conhecimentos mínimos sobre os temas que a sociedade lhes exige – por exemplo, inocuidade de alimentos, bem-estar  animal –  é fundamental contar com as competências necessárias, cuja aquisição depende da qualidade da formação  veterinária, tanto inicial como contínua”.

A professora salienta que é altamente relevante que os médicos-veterinários tenham  conhecimento da legislação na área de saúde animal, bem como dos programas sanitários de controle e erradicação de  doenças e suas estratégias.

Essa atividade foi destinada para obtenção de visão geral sobre prevenção, controle e erradicação de doenças de impacto econômico e de  importância em saúde pública e defesa sanitária animal, bem como conhecimento das normas sanitárias. Dessa forma, os médicos-veterinários garantem a prevenção e promoção de saúde para os animais, para os seres humanos e para o ambiente. Trazemos o enfoque da Saúde Única”, conclui a docente. 

 

Confira notícias do curso de Medicina Veterinária do Grupo UniEduK
Skip to content