Imagem mostra crianças participantes das aulas de beisebol de Indaiatuba junto aos professores e alunos do Grupo UniEduK.

Alunos do Grupo UniEduK se destacam no ensino de beisebol na Secretaria de Esportes de Indaiatuba

Alunos do curso de Educação Física do Grupo UniEduK (UniMAX) realizam estágio no programa “Esporte Cidadão”, que ensina diversas modalidades esportivas as crianças da cidade, incluindo o beisebol

Os estudantes do curso de Educação Física da UniMAX atuam nos programas “Esporte Cidadão” e “Juventude Esportiva”, da Secretaria Municipal de Esportes de Indaiatuba. Essa parceria entre a IES e a Prefeitura Municipal possibilita ao aluno a vivência do processo de ensino e aprendizagem, colocando em prática os conhecimentos adquiridos na graduação. Na oportunidade, alunos do Grupo UniEduK atuam como estagiários e apoiam o ensino de beisebol para crianças e adolescentes dos 06 aos 21 anos de idade, junto aos professores titulares durante os treinos.

A modalidade de beisebol foi oferecida gratuitamente nas escolas municipais pelo projeto BASE (Beisebol de Apoio ao Sistema de Ensino) entre os anos de 2015 e 2020. Em 2019, foi disponibilizado também no núcleo esportivo do São Conrado pelo projeto Esporte Cidadão. Mas, a partir de 2021, o beisebol foi integrado aos programas municipais de incentivo ao esporte, e com isso, a parceria para estágio dos alunos do Grupo UniEduK.

Este ano, após a pandemia, as aulas iniciaram em 2022, com novas turmas em três núcleos esportivos: ACENBI (Associação Cultural Esportiva Nipo Brasileira de Indaiatuba), SESI e São Conrado. Atualmente, temos estagiários do curso (de Educação Física) presencial e do curso a distância (do Grupo UniEduK) trabalhando com o beisebol”, conta Daniel Brandão Kashiwagura, coordenador da modalidade de beisebol da Secretaria Municipal de Esportes de Indaiatuba.

Desde o início dos nossos projetos, lá em 2015, pudemos contar com a parceria do Grupo UniEduK. Professores e estagiários proativos e com qualidade integram hoje o nosso grupo de colaboradores. Esse apoio foi essencial para o desenvolvimento do beisebol em nossa cidade. Conseguimos assim, atender a milhares de alunos, auxiliando-os em seu desenvolvimento esportivo e social”, comenta Massao Kanesaki, diretor da modalidade de beisebol da Secretaria Municipal de Esportes de Indaiatuba.

De acordo com um dos alunos que trabalha junto à iniciativa municipal, Vinícius Carlos Muchon de Abreu, é possível colocar em prática muitas das teorias aprendidas na graduação. “Dentro do projeto trabalho com a elaboração dos planos de aulas junto com os demais integrantes da equipe, aplicação das aulas para os alunos, reuniões sobre as aulas aplicadas e feedback entre os professores. Assim podendo corrigir e melhorar a cada dia para nossos alunos no desenvolvimento da modalidade”, explica o estudante.

José Carlos Tressino, um dos professores da Secretaria de Esportes da cidade que atua no beisebol, conta que antes de ser contratado, realizou estágio pela UniMAX durante sua graduação.

Consegui a vaga no projeto em 2017. Trabalhar neste período foi uma ótima oportunidade para desenvolver e colocar em prática as atividades das aulas da faculdade. Fez com que eu me sentisse mais confiante e preparado para ministrar minhas aulas. A UniMAX me mostrou que é possível acreditar em seus sonhos e que eles são capazes de se realizar”, compartilha o professor.

Sobre as aulas de beisebol, o professor compartilha que a dinâmica das aulas é baseada na cultura oriental, com disciplina, respeito, companheirismo, trabalho em equipe. Além de tudo, os profissionais de Educação Física do Grupo UniEduK puderam levar muitas competências para as aulas e treinos do projeto. “A Educação Física trouxe muitos pontos a somar, como os fatores da psicomotricidade, parte coordenativas e cognitiva. Fazendo com que nosso trabalho refletisse dentro da sala de aula em casa e até mesmo no convívio social de cada indivíduo”, finaliza o professor José Tressino.

Segundo Guilherme da Silva Santos, aluno do curso de Educação Física do Grupo UniEduK, a oportunidade de estágio em um órgão público fará toda diferença em seu futuro profissional, podendo abrir várias portas. Além de tudo, trabalhando em campo, os discentes adquirem ainda mais conhecimento prático:

Aliados com a Educação Física, que nos dá segurança e uma linha para trabalhar, conseguimos contribuir para o melhor desenvolvimento, respeitando nossos alunos e aplicando a modalidade da melhor maneira possível”, finaliza Guilherme.

 

Confira notícias do curso de Educação Física do Grupo UniEduK
Pular para o conteúdo