A imagem mostra os alunos em diversas atividades do Março Lilás.

Campanha Março Lilás: Curso de Enfermagem realiza ações de promoção de saúde

Alunos e docentes do curso de Enfermagem do Grupo UniEduK participaram de ações de conscientização sobre a campanha Março Lilás

Durante todo o mês de março, alunos e docentes do curso de Enfermagem do Grupo UniEduK conscientizaram a população sobre a campanha Março Lilás. Por meio de diversas ações nas cidades de Indaiatuba e Jaguariúna, os futuros enfermeiros chamaram a atenção para a prevenção e o tratamento do câncer de colo de útero.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima-se que, para cada ano do triênio 2020/2022, sejam diagnosticados 16.590 novos casos de câncer de colo do útero no Brasil, com um risco estimado de 15,43 casos a cada 100 mil mulheres, ocupando a terceira posição. Além disso, o câncer de colo de útero é o terceiro tumor maligno mais frequente na população feminina e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil.

Na disciplina Saúde da Mulher, os estudantes do quinto ao nono semestre, orientados pela professora Elaine Ribeiro, instalaram stands de orientação no campus e na Interclínicas da UniFAJ. Enquanto permaneciam nesses espaços, os alunos conversaram com a população e entregaram folders ilustrativos, com cartilha de orientações acerca da prevenção do câncer de colo de útero.

Além disso, os graduandos distribuíram, pelo Campus II e pela Interclínicas do Centro Universitário, cartazes com QR Codes direcionando a um questionário de caracterização, vislumbrando intervenções eficazes e eficientes de prevenção e controle desta patologia ainda tão frequente em nossa população”, completa a professora Elaine Ribeiro.

Ao mesmo tempo, os alunos de Enfermagem da UniMAX, junto com a professora Carolina Pessoni, divulgaram conhecimento sobre a prevenção do câncer do colo do útero, endometriose e o autocuidado feminino no campus da IES e no Centro Escola de Especialidades Médicas (CEEM). O público alvo foi, em sua maioria, mulheres, de diversas idades, que participavam do Projeto 100% Saúde da Prefeitura de Indaiatuba, além de docentes, colaboradores e acadêmicos do campus.

De acordo com a docente responsável, a abordagem foi realizada por meio de exposição dialogada com cartaz e entrega de fôlderes, frases motivacionais e estímulo para a procura das UBS da cidade.

“Muitas mulheres não conheciam a doença e outras tinham muitas informações erradas sobre as causas e sintomas da endometriose, foi enriquecedor poder compartilhar conhecimento com elas e ver o quanto a conscientização é importante”, conta a aluna do curso Márcia Cristina.

“Foi muito gratificante poder abordar as mulheres para falar sobre o Março Lilás! É importante que nós, profissionais da Saúde, estejamos aptos para melhorar a vida da população não só quando há doença, mas também sobre sua conscientização e prevenção, e o evento cumpriu esse papel!”, completa a aluna Beatriz Xildes.

Por fim, a ação, acompanhada pela professora Adriana Tebaldi Pereira, enfeitou a UBS do bairro Florianópolis, em Jaguariúna, com bexigas roxas durante a ação do Março Lilás. O evento contou com atividades interativas para a comunidade, além da disponibilização de serviços como design de sobrancelha, sorteio de perfuração de orelha, entrega de kit de preservativos femininos e fôlderes explicativos.

Sobre os projetos desenvolvidos durante a campanha Março Lilás, o orientador pedagógico do curso, professor Alexandro Marcos Menegócio, explica: “São ações que tendem a contribuir muito para a Educação em Saúde, pois trabalham medidas de prevenção, promoção, assistência e reabilitação em relação à saúde da mulher. Atividades como estas envolvem os alunos em ações que, futuramente, vão vivenciar como profissionais”

Ainda, a gestora acadêmica do curso de Enfermagem, professora Elaine Valias, conta que ficou emocionada ao ver a proatividade dos alunos e docentes para essas ações que envolvem a área Saúde da Mulher. “Todos os campos de prática e módulos teóricos realizaram uma ação e isso foi de extrema importância. Estamos conectando a teoria e a prática!”, completa a docente.

 

Confira notícias do curso de Enfermagem do Grupo UniEduK
Pular para o conteúdo