Agende uma visita!

A imagem traz os envolvidos no projeto piloto de implantação de composteiras em escolas municipais.

Grupo UniEduK e Prefeitura de Holambra desenvolvem projeto para implantação de composteiras em escolas municipais

Projeto de implantação de composteiras tem data de início prevista para fevereiro de 2022

O Grupo UniEduK (FAAGROH), juntamente do Departamento de Agricultura e Meio Ambiente da Prefeitura de Holambra, está desenvolvendo um projeto para implantação de composteiras nas escolas municipais da cidade. Segundo o órgão municipal, a iniciativa faz parte das ações programadas no Programa Município Verde Azul, do Governo do Estado de São Paulo, que incentiva a eficiência na gestão ambiental.

O projeto-piloto está sendo desenvolvido desde abril deste ano no campus da FAAGROH com o objetivo de coletar dados e avaliar procedimentos e resultados, para posteriormente ser implantado nas unidades escolares de forma mais eficiente. O trabalho acontece sob a responsabilidade técnica do aluno do oitavo semestre do curso de Engenharia Agronômica, Rogério Fabrício, com supervisão do gestor do curso, professor Ronan Pereira Machado.

“Desde o começo me interessei pela ideia da compostagem, pois é um modo sustentável e fácil de produzir insumos para as mais diversas culturas. Nenhum bom profissional vive apenas da teoria, este projeto está sendo uma oportunidade de vivenciar na prática todas as etapas do processo. Está sendo de muita valia para meu crescimento profissional”, conta o aluno. 

Segundo o docente Ronan, a implementação dos projetos nas escolas está prevista para fevereiro de 2022, e as composteiras serão utilizadas no reforço das ações sustentáveis. A compostagem é um processo biológico em que há transformação de resíduos orgânicos em adubo natural em um processo de decomposição e reciclagem de matéria orgânica, como sobras de frutas, verduras e resíduos de vegetais.

“Esse projeto tem grande importância para a sociedade local, pois reduz o acúmulo de lixo orgânico, diminuindo o mau cheiro nas lixeiras e prevenindo a proliferação de animais vetores de doenças, como ratos, baratas e moscas”, completa o professor. Ronan ainda destacou  a importância do projeto para os alunos do Grupo UniEduK, apontando o aprimoramento das capacidades de observação, interpretação e análise crítica, além da capacidade de aplicar conhecimentos essenciais, conhecer os fatores de produção e combiná-los com eficiência técnica e econômica.

Ainda sobre os benefícios da iniciativa, o Prefeito de Holambra, Fernando Capato, declara: “Além dos benefícios da compostagem, o projeto desenvolvido em parceria com a FAAGROH permitirá que nossos alunos acompanhem diariamente todo o processo, reforçando a importância da consciência ambiental de forma prática.”

 

Confira notícias sobre o curso de Engenharia Agronômica do Grupo UniEduK

Com Informações: O Regional 

Skip to content