Imagem mostra alunos de Medicina Veterinária do Grupo UniEduK durante prática de diagnóstico por imagem em animais silvestres.

Prática interdisciplinar do curso de Medicina Veterinária aborda diagnóstico por imagem em animais silvestres

Alunos colocam conhecimento sobre contenção física dos animais para realização de exames para diagnóstico por imagem

Com o objetivo de desenvolverem as competências de atendimento a animais silvestres, os alunos do sétimo semestre do curso de Medicina Veterinária do Grupo UniEduK participaram de uma aula prática interdisciplinar. A atividade das disciplinas Clínica Médica de Animais Silvestres e Diagnóstico por Imagem Avançado teve foco na prática do atendimento, anamnese, semiologia e exames por imagem.

Durante o exercício, os estudantes colocaram em prática os conhecimentos sobre a contenção física e química, anatomia e fisiologia das espécies estudadas. Também foi realizada a coleta de materiais e a análise dos resultados dos exames.

Uma das docentes responsáveis pela aula, professora Fernanda Battistela Passos Nunes, conta que realiza este tipo de atividade interdisciplinar junto à professora Danieli Perez há mais de um ano. Aulas que abordam diagnóstico de aves, répteis, mamíferos selvagens e pets não convencionais são realizadas cerca de quatro vezes por mês.

Observamos que o interesse dos alunos nessas aulas é grande e o comprometimento com o tema é de grande valia para formação acadêmica profissional”, finaliza a professora Fernanda.

 

METODOLOGIA DE ENSINO

Todas as instituições de ensino que compõem o Grupo UniEduK priorizam as aulas práticas desde o primeiro dia de aula em todos os cursos a fim de preparar o aluno para sua futura atuação profissional. Para isso, desenvolve, nas unidades de Jaguariúna (UniFAJ), de Indaiatuba (UniMAX) e Holambra (FAAGROH), mais de 1.700 aulas práticas por mês.

 

Confira notícias do curso de Medicina Veterinária do Grupo UniEduK
Pular para o conteúdo