A imagem mostra os alunos do curso de Enfermagem vestidos a caráter durante a simulação de Time Out.

Curso de Enfermagem realiza simulação de Time Out na cirurgia

No Time Out,  é realizada a conferência de dados de um paciente em cirurgia a fim de se evitar equívocos, prática muito importante para os futuros enfermeiros do Grupo UniEduK

Os alunos do curso de Enfermagem do Grupo UniEduK participaram de uma simulação realística sobre a prática do Time Out nas cirurgias. A prática foi realizada com o intuito de facilitar a compreensão e reflexão sobre a necessidade deste processo na cirurgia.

O Time Out é uma prática baseada em evidências que visa à prevenção de cirurgias ou procedimentos errados, no paciente errado e/ou no local errado. O Time Out deve ser realizado na sala em que o procedimento ou exame invasivo será realizado, antes do seu início.

De acordo com os professores responsáveis pela atividade, Elaine Ribeiro e Fábio Luís Montanari, a ideia da simulação foi verificar o quanto os alunos absorveram do conteúdo aplicado no semestre e trabalhar, principalmente, a questão da cirurgia segura.

Participar de uma simulação realística de centro cirúrgico foi uma oportunidade maravilhosa e muito rica. Pudemos observar que o fato de a equipe cirúrgica não estar em harmonia acabou gerando vários problemas para o procedimento e riscos para o paciente. Por isso, é tão necessário e tão importante uma equipe com excelente comunicação e com respeito a todos os protocolos de segurança”, conta a aluna do curso, Laura Vissoto de Carvalho.

Para o cenário de simulação acontecer, os alunos da graduação de Medicina da UniFAJ participaram do exercício como atores. Dessa forma, o exercício não só abordou técnicas de Time Out, mas também a interdisciplinaridade do trabalho em saúde. 

“Com a integração dos dois cursos, começamos a trabalhar a questão do respeito entre os membros da equipe multiprofissional e, também, mostrar que, com bom entrosamento, comunicação efetiva e protocolos de segurança, é possível desenvolver uma prática humanizada e segura no centro cirúrgico e em todo campo da saúde”, explica o professor Fábio Luís Montanari. 

Além dos alunos do oitavo semestre de Enfermagem, também estavam presentes discentes do décimo semestre do curso, que participavam do estágio em que acompanham um professor no semestre durante a disciplina teórica.

Foi uma experiência incrível! Conseguimos atingir nosso objetivo pedagógico com um feedback muito positivo, não somente dos alunos de Enfermagem, mas também dos alunos de Medicina, que foram os atores no cenário”, finaliza o professor Fábio. 

No processo de ensinagem com a simulação, é possível desenvolver habilidades que minimizem os erros em cenários reais na vida profissional, além de permitir uma interação constante favorecida pelo momento de debriefing, segundo o orientador pedagógico do curso de Enfermagem Alexandro Marcos Menegócio.

 

Confira notícias do curso de Enfermagem do Grupo UniEduK
Pular para o conteúdo