Agende uma visita!

Grupo UniEduK realiza capacitação e acolhimento a pessoas enlutadas

A proposta do projeto é capacitar os estudantes de Enfermagem, Psicologia e Medicina  a trabalhar o processo de luto e enfrentamento junto a comunidade interna e externa 

O Grupo UniEduK, em colaboração com a Prefeitura de Indaiatuba, realiza a “Capacitação de Acolhimento ao Luto”. A iniciativa conta com palestras que envolvem alunos e docentes dos cursos de Enfermagem, Psicologia e Medicina do Grupo UniEduK, além de colaboradores da Rede Pública de Saúde do município. 

Primeiramente, o projeto foi criado com o propósito de capacitar os profissionais e futuros profissionais da Saúde para lidar com o luto. Para isso, especialistas no assunto ministram as atividades de capacitação. 

Já contribuíram com o projeto a Dra. Ana Horta, enfermeira responsável pelo centro de estudo e intervenção de perda e luto (PRIEPEL), a Dra. Samantha Mucci, psicóloga responsável pelo Projeto PROALU (Acolhimento ao luto), além da psicóloga Zoica Andrade Caldeira, responsável pela Saúde Mental do município de Indaiatuba e atualmente líder de um grupo de luto na rede de atenção primária.

“A ideia da psicóloga Zoica em formar um grupo de apoio às pessoas enlutadas, sem dúvida, foi maravilhosa. Ficou claro vermos, diante dos depoimentos de pessoas que estão passando pelo luto, o quanto o grupo tem feito bem a elas. Estão de parabéns, participar dessa capacitação para mim foi muito gratificante”, destaca a aluna do oitavo semestre do curso de Enfermagem, Márcia Cristina da Silva Pereira.

A Capacitação promove ações que contribuem com o compromisso social da Instituição de Ensino e possibilitam o exercício da cidadania e a participação crítica dos participantes no contexto social. Além disso, a ação incentiva outros projetos que envolvem relações sociais e humanas entre os sujeitos na construção de conhecimento: professores, estudantes e comunidade. 

De acordo com a gestora do curso de Enfermagem, prof. Elaine Valias, o impacto do evento é imensurável diante da pandemia de luto que estamos vivendo. Também conta que a ideia é acolher cada vez mais pessoas e ampliar o projeto para Jaguariúna. “Fortalecer as competências socioemocionais está no DNA da instituição”, afirma a docente.

Ademais, o aluno do sexto semestre do curso de Psicologia, Luan Ruiz, declara: “Participar do evento de acolhimento ao luto é uma experiência enriquecedora, pois possibilita compreender que, diante de uma situação tão delicada que é a perda, o primordial não é a técnica, mas sim a humanidade! Isso que te conecta com o outro e o conforta”. 

A iniciativa beneficia não só os alunos e profissionais envolvidos no trabalho, mas também a sociedade em geral, já que consiste em um projeto que abrange conceitos de coletividade. O profissional da saúde que entende o momento do luto garante uma competência importante em seu meio de trabalho.

“A capacitação contribui para o meu desenvolvimento profissional na questão de ter a percepção do lado emocional melhorada, sendo uma profissional paciente e com tranquilidade para lidar com situações adversas, mesmo estando sob alto estresse emocional, e ter raciocínio rápido”, afirma a aluna Márcia.

 

Confira notícias do curso de Enfermagem do Grupo UniEduK 

Skip to content