A imagem mostra os alunos preparando os alimentos e explicando os processos aos presentes durante o Tacho Solidário.

Grupo UniEduK contribui com o projeto “Tacho Solidário”

O “Tacho Solidário” é um projeto social do Festival Sabores da Terra com o objetivo preparar pratos de qualidade para a comunidade em situação de vulnerabilidade social a partir de insumos doados por empresas e produtores rurais

A UniMAX (Grupo UniEduK) sediou o projeto “Tacho Solidário”, que consiste na preparação de pratos para pessoas em situação de vulnerabilidade social. A atividade foi destinada a mulheres que participam de serviços de convivência do Cras – Centro de Referência de Assistência Social, Creas – Centro de Referência Especializado de Assistência Social e Cresans – Centro de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável. 

As participantes tiveram aulas de culinária com os alunos do curso de Gastronomia da UniMAX e professores, além de terem degustado o cardápio desenvolvido ao vivo, durante o evento.

De acordo com os organizadores, a participação dos estudantes na ação não só contribuiu para um momento único, compartilhando conhecimento com quem precisa, mas também para um aprendizado mais detalhado com os docentes.

“Acredito que esse tipo de evento contribui alimentando a nossa vontade, pois partimos de uma gratificação de servir, que é algo essencial para todos na nossa área. Vemos uma beleza particular no ato, entregar um prato a alguém é compartilhar, reconhecer o outro e a si mesmo. Sem dúvidas, poder participar de uma ação solidária maximiza ainda mais todos os prazeres da gastronomia, e sempre será algo que unifica. Querendo ou não, a cozinha é uma parte afetiva da vida do brasileiro. Cada experiência conta, sempre temos o que aprender com o outro, a pluralidade de paladares e culturas torna nossa ação mais emocionante”, compartilha o aluno do segundo semestre, Richard de Lima Batalha.

Segundo o gestor do curso de Gastronomia, Sérgio Lima, o evento superou todas as expectativas. A ação propôs uma mudança de atitude das pessoas em relação ao alimento, mostrando que, com as instruções, pode-se gerar renda de forma sustentável por meio da cozinha. 

O trabalho colaborativo entre os envolvidos e a finalização do evento, fornecem às nossas munícipes oportunidades diferenciadas, assim como novas possibilidades, tornando nossas ações cada vez mais consolidadas“, finaliza a Secretária de Cultura de Indaiatuba, Tânia Castanho.

 

Com informações: Prefeitura Municipal de Indaiatuba (https://www.indaiatuba.sp.gov.br/relacoes-institucionais/imprensa/noticias/30430/

 

Confira notícias do curso de Gastronomia do Grupo UniEduK

Pular para o conteúdo